Topo

Área de Intervenção
  • Emprego, Formação e Qualificação
Duração
1 Ano
Nav
Público Alvo
  • Escolas, Universidades, Empresas, Associações

Adesões Finais

Adesão
Dignidade no trabalho, um paradigma do século XXI: à procura da fórmula certa ou equação impossível?
Projeto
Dignidade no trabalho
Texto Intro

Dignidade no trabalho, um paradigma do século XXI: à procura da fórmula certa ou equação impossível?

O grupo de trabalho Desgov do Govint - Forum para a Governação Integrada, analisou, durante o ano 2017, a relação entre desemprego e desigualdades sociais, tendo seguido uma metodologia de trabalho baseada na compreensão do fenómeno do desemprego, da experiência subjetiva e partilhada dos indivíduos, das consequências e dos efeitos diretos e indiretos da circunstância do desemprego entre diferentes atores e perfis sociais (Marques et al., na). 

Na sequência do trabalho realizado, pretende-se recuperar o interesse no mercado de trabalho através do conceito “Dignidade no trabalho”, entendido como o grau segundo o qual aos indivíduos ou as famílias é possível manter um nível de vida socialmente aceitável, independentemente da participação no mercado (Esping-Aderson, 1990 in Lamelas, Nico e Gil, 2014). “A dignidade económica é concretizada ainda pela posse de um salário que permita assegurar todas as necessidades e pela igualdade de oportunidades. A dignidade é concretizada mediante um número restrito de atos de resistência contra abusos e uma conduta que permite aos trabalhadores sentir orgulho do seu quotidiano laboral (Hodson em Cruz, 2010). 
E, é neste seguimento que surge a proposta de atividades a implementar no Ano Nacional da Colaboração 2019:

• Desenvolver um conjunto de ações sob responsabilidade de, pelo menos, um membro do grupo de trabalho. Estes concretizar-se-ão como workshops, ações de sensibilização, mesas redondas ou seminários/conferências, sobre “Dignidade no Trabalho”, adaptando-se o modelo a cada contexto em particular; o objetivo é promover uma lógica de colaboração entre várias entidades no sentido de refletir sobre uma temática central das nossas sociedades e potenciar a constituição de redes de intervenção sobre contextos de trabalho. Ao GT Desgov caberá potenciar e/ou alavancar redes de colaboração intra e interinstitucionais visando explorar e desnvolver modelos e práticas de reflexão e intervenção.

• A concretização da proposta condensa-se num conjunto de workshops/ações de sensibilização, procurando chegar a um conjunto heterogéneo de pessoas, atendendo, nomeadamente, às características sociodemográficas e profissionais, como Género, Qualificação, Idade, Nacionalidade/Cidadania, Território, Escolaridade, … serão tomados em linha de conta para a constituição de grupos de pessoas para as quais serão direcionados os workshops/ações de sensibilização. 

• Concurso melhor Curta Metragem: visando concretizar um resultado com uma capacidade de divulgação mais alargada e promover a colaboração de jovens estudantes do ensino superior, no debate e reflexão sobre trabalho digno, tendo em vista propor à Direção das Licenciaturas, Pós-Graduações ou Mestrados em Cinema, da Universidade da Beira Interior e da Universidade Católica Portuguesa do centro Regional do Porto, a realização pelos alunos, se possível no quadro das suas atividades de aprendizagem, de uma curta metragem sobre o tema “Dignidade no Trabalho”.

Inspire-se neste grupo de trabalho empenhado em chamar a atenção para as questões relacionadas com o Trabalho Digno.

Logotipo
Dignidade no trabalho
Entidade
Forum para a Governação Integrada
Distrito
Lisboa
Entidades Envolvidas
  1. ACM – Alto Comissariado das Migrações
  2. C.I.T.E. – Comissão para a Igualdade no Trabalho e no Emprego
  3. CASES – Cooperativa António Sérgio para a Economia Social
  4. O.I.T. – Organização Internacional do Trabalho
  5. CNJ – Conselho Nacional da Juventude
  6. IPDJ – Instituto Português do Desporto e Juventude
  7. A3s – Associação para o Empreendorismo Social e a Sustentabilidade do Terceiro Setor
  8. EAPN – Rede Europeia Anti-Pobreza
  9. FNAJ – Federação Nacional de Associações Juvenis
  10. Universidade Beira Interior
  11. Universidade Católica Portuguesa

Bottom

Telefone
933 252 798
Morada
Travessa das Pedras Negras, N.º1, 4º Andar 1100-404 - Lisboa
Facebook